Poder e perenidade

O nordestino, assim como qualquer outro, age por interesse. As classes mais baixas se beneficiam do Bolsa Família e estão certas neste sentido, o remediado e os mais ricos têm vantagens no canteiro de obras que transformaram sua região. Seria a mesma coisa aqui no sul/sudeste, caso houvesse esta barganha. SC rejeitou o PT, mas faz décadas que está “largada”, sem investimentos. Bem… Não condeno a troca de votos por benefícios. Condeno o tipo de troca, casuística, sem planejamento de longo prazo, como no caso das bolsas. No caso de obras e investimentos está certo, é isso mesmo.
Dane-se se o PT é de esquerda – pois ‘esquerda’ como eles, só denigre a dita esquerda… O que importa é como se mantém no poder, numa condenável reedição de coronelismo, enxada e voto ad infinitum.

RELACIONADOS

Deixe um comentário