CGU já instaurou sete processos para apurar denúncias no Ministério dos Transportes

O Ministério dos Transportes, o Departamento Nacional de Infraestrutura de Transporte (Dnit), e a Valec, estatal responsável pelas ferrovias, estão sob a análise da Controladoria-Geral da União (CGU), que já instaurou sete processos para apurar as denúncias envolvendo os órgãos.

A CGU informa que outros Processos Administrativos Disciplinares (PADs) e sindicâncias ainda podem ser instaurados, pois a auditoria que está realizando sobre licitações, contratos e obras envolvidas nas denúncias está apenas começando. A CGU já tinha instalado outros 18 processos desde o início do escândalo no Ministério.

Entre os processos abertos está um PAD para investigar o ex-diretor executivo do Dnit, José Henrique Sadok de Sá, afastado pela presidente Dilma Rousseff após a revelação de que a construtora de propriedade de sua mulher tinha contratos para obras em rodovias com recursos do Dnit. Outro PAD investiga irregularidades em licitações com suspeitas de direcionamento para determinadas empresas, envolvendo o servidor Marcelino Augusto Santos Rosa.

Fonte: O Globo

Leia mais no site do Instituto Millenium no artigo de Carlos Alberto Sardenberg: “É sim, o dinheiro do povo”

RELACIONADOS

Deixe um comentário