Empresários do setor varejista usam recursos próprios para novos negócios

Uma pesquisa inédita encomendada pelo Serviço de Proteção ao Crédito (SPC) apontou que 77% dos empresários de pequeno e médio porte do varejo usaram recursos próprios para abrir seus negócios. Outros 9% pediram dinheiro emprestado a parentes, 7% recorreram a financiamentos bancários, e 7% disseram ter utilizado recursos de terceiros, empréstimos financeiros e outros.

De acordo com o estudo, 53% dos entrevistados pretendem investir no negócio, como ampliação na loja, compra de equipamentos ou contratação de pessoal. A pesquisa revela também que 40% dos donos de negócios já trabalhavam no setor do varejo antes. Apenas 34% nunca haviam atuado no ramo e os 26% restantes deram continuidade aos negócios de família.

O economista Cristiano M. Costa acredita que os dados evidenciam o custo do crédito no Brasil: “No setor varejista há uma concentração grande de empresas que abrem novas unidades ou que são familiares. Desta forma há a possibilidade da retenção de lucro por um determinado tempo até que se consiga capital para novos empreendimentos e expansão de negócios. Poupar em vez de procurar empréstimo mostra com clareza o alto custo do crédito.”

RELACIONADOS

Deixe um comentário