Estado do Rio quer tornar ensino financeiro obrigatório nas escolas

Alunos do Ensino Médio das escolas estaduais poderão em breve aprender em sala de aula como planejar os gastos do dia a dia, poupar e escolher a melhor opção de investimento, entre outras lições de finanças pessoais.

A Assembleia Legislativa do Estado do Rio de Janeiro (Alerj) aprovou um projeto de lei que prevê a inclusão da educação financeira no currículo  dos colégios do estado. A matéria, que desenvolverá os princípios de planejamento, gerenciamento, avaliação e controle da economia pessoal e familiar, terá o conteúdo elaborado pela Secretaria de Estado de Educação. O tema será desenvolvido por meio de palestras, atividades interdisciplinares, leitura e interpretação de textos, conforme a proposta.

O governador Sérgio Cabral tem até esta terça-feira para aprovar ou vetar a nova lei.

Fonte: O Globo

No artigo “A utopia sufoca a educação de qualidade” , Gustavo Iochspe questiona o currículo das escolas brasileiras. Leia

RELACIONADOS

Deixe um comentário

1 comment

  1. Alex Lima

    Lindo! Lá no Japão ou na Suécia! Onde o ensino é uma maravilha, aqui não vai adiantar muito, querem tapara o sol coma peneira. Não se ensina nem a ler e escrever decentemente!