Liberdade de imprensa diminui no México, alerta Associação Mundial de Jornais e Editores de Notícias

A Associação Mundial de Jornais e Editores de Notícias (WAN-IFRA) publicou um relatório alertando que a liberdade de imprensa no México está diminuindo rapidamente, principalmente por causa de um “apagão informativo” causado por organizações criminosas que tentam controlar as informações.

Há uma falta de cultura, da importância social do jornalismo para dar um fim à impunidade

Nos últimos 18 meses houve um aumento dos ataques contra a imprensa no estado mexicano de Veracruz, enquanto em outros estados, como Baja California, essa violência tem diminuído. Rodrigo Bonilla, responsável por projetos da WAN-IFRA, informa que “O fato é que, desde que começou a ser aplicada a política militar do presidente Felipe Calderón, em 2006, começam a aumentar também os ataques contra jornalistas, sequestros, assassinatos e ameaças. O aumento continua até hoje”.

Muitos dos crimes contra a imprensa ficam impunes no México. Para o responsável por projetos da WAN-IFRA, “a punição falha porque simplesmente não há vontade política de verdade para solucionar o problema. No fundo, há uma falta de cultura, da importância social do jornalismo para dar um fim à impunidade”.

fonte: Portal da Imprensa

RELACIONADOS

Deixe um comentário