Liberdade de imprensa influencia felicidade do cidadão

Pesquisadores da Universidade de Missouri (UM), dos Estados Unidos, descobriram que cidadãos de países que têm liberdade de imprensa tendem a ser mais felizes do que pessoas de países desprovidos deste princípio.

“Nós já sabemos que ter fontes de notícias confiáveis e objetivas podem beneficiar a democracia, mas nesse estudo descobrimos que a liberdade de imprensa também beneficia comunidades, ajudando a melhorar a qualidade de vida de cidadãos e, ao longo do processo, tornando-as mais felizes”, disse Edson Tandoc Jr., doutorando da Escola de Jornalismo da UM e um dos autores do estudo.

A pesquisa analisou dados de 161 países usando índices de medição.

Para Tandoc, o aumento da satisfação de cidadãos por conta da liberdade de imprensa se dá por causa do papel de fiscalização da imprensa, que ajuda a expor níveis de corrupção em uma comunidade. “Um país com liberdade de imprensa tende a ser mais aberto sobre o que está  errado em suas sociedades e seus ambientes.”

Fonte: Portal Imprensa

Mais

Eugênio Bucci: “O mensalão e a pressão da mídia”

RELACIONADOS

Deixe um comentário