Diante do corte do orçamento determinado pelo governo, Marinha reduz em um dia a jornada de trabalho

Diante do corte de orçamento determinado pelo governo, a Marinha do Brasil decidiu economizar e anunciou que reduzirá a jornada de trabalho em um dia útil.

De acordo com um comunicado interno, a partir do dia 2 de agosto, não haverá mais expediente às sextas-feiras. No caso de algum feriado cair nesse dia, a folga será dada no dia anterior. Os únicos militares que manterão o expediente normal serão os que atuam nas áreas de saúde, ensino e no programa do submarino nuclear. O salário dos militares não será afetado pela redução do expediente.

A redução da jornada de trabalho visa conter pequenos gastos, como alimentação. A Marinha decidiu reduzir a jornada após o governo cortar R$ 3,7 bilhões no orçamento das Forças Armadas do país.

A Aeronáutica estuda medidas similares à adotada pela Marinha, porém, as folgas dos militares da FAB seriam dadas às quartas-feiras. A decisão ainda não foi oficializada.

O Ministério da Defesa solicitou uma cópia do comunicado interno da Marinha com o anúncio da decisão.

Fonte: Opinião & Notícia (“Folha de S. Paulo”)

Deixe um comentário

1 comment

  1. Hélio Socolik

    E a Marinha trabalha às 6as. feiras?