Ministro Ayres Britto sobre a Lei da Ficha Limpa: “Novidade transformadora”

Próximo a se tornar o novo presidente do Supremo Tribunal Federal (STF), o ministro Ayres Britto, elogia a cobrança e a vigilância dos cidadãos em relação os magistrados do Supremo. Britto afirmou que a Lei da Ficha Limpa é uma “novidade transformadora” e ressaltou a participação da população na aprovação da norma “tem um plus de legitimidade, agrega valor democrático a decisão do Congresso Nacional”.

Britto reconhece que o mensalão será um dos desafios do Supremo em 2012. “Além de ter muitos volumes e cerca de 600 testemunhas, são 37 réus e cada um deles com direito a uma hora de sustentação oral durante o julgamento propriamente dito.” Ele lembra que cabe ao ministro Ricardo Lewandowski, revisor do processo, “pedir pauta”.

Fonte: O Globo, 27/01/2012

 

RELACIONADOS

Deixe um comentário