Ministro israelense pede que Dilma reveja aproximação com Irã

Em sua primeira visita ao Brasil, o vice-primeiro ministro e ministro de Assuntos Estratégicos de Israel, Moshe Ya’alon, veio ao país sugerir que o governo Dilma reveja a posição de dar apoio automático aos países árabes e de aproximação com o Irã, políticas adotadas pelo então presidente Lula.

O ministro israelense se reúne com o vice-presidente Michel Temer e com o ministro das Relações Exteriores, Antonio Patriota e pretende alertar o governo sobre uma tentativa de aproximação iraniana com vistas em ganhar influência na América Latina.

“No que se refere à política internacional, espero que o governo Dilma não apoie automaticamente os árabes. Espero que uma política diferente, uma abordagem diferente, seja feita no sentido de rever o apoio automático aos árabes – disse o ministro.

Fonte: O Globo

Leia mais no site do Instituto Millenium, no artigo de Eduardo Szasi: “O Islã, o Irã, Israel e o Brasil”

 

RELACIONADOS

Deixe um comentário