SUS: Demora no agendamento revolta pacientes

O jornal “O Globo”entrevistou pacientes do Sistema Único de Saúde no Rio de Janeiro e no Piauí e acompanhou a insatisfação de contribuintes como a agricultora que aguardou mais de um ano de dois meses para marcar uma consulta.

“No Piauí, a agricultora Maria da Costa Araújo, de 67 anos, passou um ano e dois meses tentando fazer, na cidade onde mora, José de Freitas (a 48 quilômetros de Teresina), um exame de visão porque não consegue distinguir os objetos de sua casa durante a noite e queima as mãos quando vai coar e colocar o café em garrafa térmica.”, traz a reportagem.

Já no Rio de Janeiro, a matéria destaca que para marcar um exame de raio X, por exemplo os pacientes podem ficar meses com a solicitação debaixo do braço” e conta o que se passou com uma artesã de 42 anos, que acabara de ser atendida no Hospital de Ipanema (no final de junho), na zona sul, que comemorou por ter conseguido marcar um exame para setembro.

“Tenho de festejar, né? Para conseguir a solicitação da consulta que fiz hoje, fiquei um dia inteiro na rua. Passei por três hospitais e dois postos de saúde. E olha que isso foi em abril”, conta.

 

Leia mais sobre serviços na saúde pública e  a alta carga tibrutária brasileira: Tributos e cidadania em descompasso , de Murilo Aragão

 

 

RELACIONADOS

Deixe um comentário

1 comment

  1. zoot

    Canalhas. As únicas coisas que se sofisticam o tempo todo no Brasil, são as maneiras de arrancar cada vez mais dinheiro do contribuínte.