Fim da contribuição compulsória tornará sindicatos mais representativos

Reforma trabalhista foi o tema de hangout com Gustavo Grisa, José M. Camargo e Eduardo Pastore. Assista!

O economista José Márcio Camargo e o advogado Eduardo Pastore debateram “A necessidade da Reforma Trabalhista e seu impacto positivo sobre a economia”, no canal do Instituto Millenium no YouTube. Com mediação do economista Gustavo Grisa, a conversa tratou de temas polêmicos como o fim da contribuição sindical compulsória. Para Camargo, contribuições voluntárias e o fim do monopólio da representação farão os “sindicatos se tornarem mais competitivos, tendo que mostrar serviço aos associados”. Outra vantagem, de acordo com o especialista, será a jornada de trabalho intermitente, que permitirá contratações em horários flexíveis, ou seja, em horas e períodos que mais se adequem às necessidades dos empregados e das empresas.

O poder judiciário também esteve no centro do debate. Pastore lamenta que, atualmente, “muita gente olha para a Justiça do Trabalho como se fosse uma poupança”. O advogado acredita que a resistência de boa parte dos magistrados vai demorar para ser vencida, mas que, se aprovada, a reforma irá reduzir a insegurança jurídica, apontada como uma das principais causas para o desemprego no país.

MAIS SOBRE O TEMA DO DIA

RELACIONADOS

Deixe um comentário