Domingo, 11 de dezembro de 2016
Mantenedores mantenedores

Rio 2016 pede R$ 200 milhões para garantir paralimpíadas

O Comitê Organizador dos Jogos Olímpicos informou na manhã da última quinta-feira (18) que precisará de R$ 200 milhões para garantir a realização dos Jogos Paralímpicos. Este dinheiro deve ser usado para o pagamento de despesas dos atletas como passagens aéreas e serviços de alimentação, entre outros gastos. Uma série de documentos já foi encaminhada a Brasília para justificar o pedido.

Na tarde desta quinta, o presidente em exercício, Michel Temer, esteve no Parque Olímpico, acompanhado do governador Francisco Dornelles. Além do dinheiro do governo federal, o diretor de comunicações do Rio-2016 Mario Andrada ainda busca patrocinadores para reforçar o caixa dos Jogos.

Com esta decisão, o Rio-2016 abandona a meta de proporcionar os Jogos Olímpicos e Paralímpicos sem uso de dinheiro público. No momento em que recursos públicos incrementarem o orçamento da Paralimpíada, as contas do comitê estarão sujeitas ao escrutínio dos orgãos de controle do dinheiro público como o Ministério Público (MP) e o Tribunal de Contas da União (TCU).

Fonte: “O Globo”.

Veja mais

O que se vê e o que não se vê na Olimpíada de gastos públicos

Energia da Olimpíada pressiona conta de luz no Rio

TRE proíbe repasses da Prefeitura do Rio à Paralimpíada

Escreva um comentário

Seu e-mail não será publicado.