Em entrevista, Roberto Luis Troster fala sobre os problemas que envolvem a crise econômica no País

As dificuldades fiscais no setor público também têm parcela de culpa no cenário

Luís Artur Nogueira entrevistou o economista Roberto Luis Troster. Ex-economista-chefe da Febraban e colaborador do Instituto Millenium, Troster falou sobre os problemas que envolvem a crise econômica no País. Segundo ele, a maior parte do problema vem do setor privado, com dificuldades desde 2009.

Veja mais de Roberto Luis Troster:
O lucro dos bancos
“Não podemos deixar o ‘Projeto Brasil’ na mão dos políticos”

No primeiro bloco, ele explicou que, as empresas, sem dinheiro, passaram a demitir e a ficar inadimplente, criando uma bola de neve sobre as taxas de juros, piora das condições de crédito e reduções no capital de giro. Isso, disse Troster, ainda limita o crescimento do País. “Crescer 1% é muito pouco para o Brasil. Assim, o desemprego vai demorar a cair”, afirmou Troster.

Outra parte da crise, mas menor, vem das dificuldades fiscais no setor público.

Bloco 1

No segundo bloco, ele explicou que o crédito bancário sofre com o volume de impostos cobrado pelo governo. O problema, disse, é que o leão não prejudica os bancos, mas os tomadores de empréstimos, o que eleva as taxas bancárias. A solução, segundo Troster, seria deixar de taxar os empréstimos e elevar a tributação sobre os lucros bancários.

Bloco 2

Fonte: “IstoÉ Dinheiro”

RELACIONADOS

Deixe um comentário