Sebrae-RJ abre inscrições para programa de aceleração de empresas

aceleracao-empresas

Estão abertas até 28 de maio as inscrições para o programa de aceleração de empresas Scale Up Rio 2017. Realizado pela primeira vez no Brasil no ano passado pelo Sebrae/RJ, com apoio do Babson College e da Endeavor, o programa atendeu 23 empresas.

Luiz Felipe Costa, sócio da rede de restaurantes Billy The Grill, participou da primeira turma:

— No ano passado, nosso grupo teve um crescimento de 56%, atingimos R$ 76 milhões de faturamento e chegamos a 55 lojas. Este ano queremos mais do que dobrar esses números com solidez, apostando em pessoas competentes.

No primeiro ano do Scale Up Rio, os empresários recebem suporte intensivo durante seis meses para aumentar o crescimento de seus empreendimentos, por meio de workshops de aceleração de vendas da Babson Entrepreneurship Ecosystem Plataform, mentorias individuais conduzidas pela Endeavor, diagnóstico de gestão e consultorias especializadas do Sebrae/RJ, além de networking entre as pequenas empresas que mais crescem no Rio.

As scale ups são empresas que demonstram alto potencial de crescimento e geração de empregos; possuem produtos/serviços operando em mercado robusto o suficiente para se tornarem grandes empresas; modelo de negócio validado e com capacidade de expansão e crescimento em escala de forma sustentável; crescimento de mais de 20% ao ano por três anos consecutivos; e são mais bem preparadas para atuar em projetos e investimentos com grandes empresas.

O Scale Up Rio faz parte de um movimento global para catalisar o crescimento econômico de longo prazo a partir da seleção, mentoria e aceleração dos melhores empreendedores de alto crescimento ao redor do mundo. O projeto apoia empresas que estão prontas para escalar e enfrentar desafios relacionados ao crescimento sustentável, mobiliza lideranças públicas e privadas para o fortalecimento de um ambiente de negócios propício ao desenvolvimento e de uma cultura de fomento às empresas de alto crescimento.

Inscrições por meio do site Scale Up Rio.

Fonte: “O Globo”.

RELACIONADOS

Deixe um comentário