Senado cancela quase metade das sessões até dezembro

Em virtude da Copa e das eleições deste ano, Senado exclui do calendário 34 das 77 sessões de votação programadas para o próximo semestre

Em virtude da Copa do Mundo e da campanha eleitoral, o Senado reduziu quase à metade o expediente até dezembro. Dos 77 dias em que poderiam haver sessões de votações (terças, quartas e quintas-feiras), 34 foram excluídos do calendário dos senadores. O comparecimento ou ausência em tais dias não será contabilizado, como já ocorre nas sessões de segundas e sextas-feiras, tradicionalmente utilizadas apenas para discursos.

Conforme a previsão da Mesa Diretora da Casa, a Copa só impacta os trabalhos no Senado nos dias 12 e 17 de junho, em decorrência dos jogos do Brasil. Os congressistas ainda terão recesso parlamentar, de 18 a 31 de julho. Todas as demais sessões foram canceladas para que os parlamentares se dediquem exclusivamente à campanha eleitoral, própria ou de seus aliados.

Este ano serão disputadas 27 vagas no Senado. A maioria dos senadores em fim de mandato disputa a reeleição ou outros cargos eletivos. Os que ainda têm mais quatro anos de Casa também entrarão na disputa para governos estaduais e até a Presidência da República, como Aécio Neves (PSDB) e Randolfe Rodrigues (PSOL).

Fonte: Opinião e Notícia

RELACIONADOS

Deixe um comentário