“The Guardian” destaca a necessidade de uma reforma da educação no Brasil

Sem uma reforma completa da educação, o milagre do desenvolvimento econômico e a redução da pobreza estão em risco. É o que afirma o artigo “Can Brazil learn from its success?” (‘O Brasil pode aprender com seu sucesso?’) de Siân Herbert, no jornal inglês “The Guardian”, em 27 de setembro. A autora comenta que nenhum dos candidatos à presidência adotou como bandeira uma reforma da educação. Ela elogia os avanços obtidos na àrea social nos últimos anos, mas destaca que o aumento da frequência escolar não foi acompanhado por um aumento também da qualidade do ensino: “A educação é desvalorizada na sociedade brasileira e raramente aparece nos debates na esfera pública ou privada”, diz Herbert. “Lula frequentemente tem usado sua própria falta de educação formal como um instrumento retórico para minar seus adversários políticos, as elites dominantes. De acordo com dados recentes do Relatório de Desenvolvimento Humano para a América Latina e o Caribe do PNUD, 10 dos 15 países mais desiguais do mundo estão localizados na América Latina. A falta de sistemas de educação estão no cerne deste problema. Não é coincidência que o Brasil é o 10º país mais desigual do mundo.”

Leia o artigo na íntegra, em inglês, aqui.

RELACIONADOS

Deixe um comentário