Transparência: EUA adotam inclusão de valor de impostos nos bilhetes aéreos

Quanto você paga de impostos enquanto voa? Nos EUA, as companhias aéreas passam a ser obrigadas a incluir no bilhete o valor de todas os impostos e taxas obrigatórias em suas tarifas. O objetivo é, além de tornar acessível uma informação a que o consumidor tem direito, provocar uma responsabilização política, com o que chamam de “choque de etiqueta”, que é  a descoberta pelo contribuinte dos valores pagos em impostos nos produtos e serviços que consome.

A regra, parte de um amplo “projeto de direito dos passageiros” promulgada pelo Departamento de Transportes,  e alerta os consumidores para  o preço  “de verdade” para um vôo, pois devido a impostos e taxas obrigatórias, o preço é muito maior do que o preço anunciado.

Impostos sobre valor adicionado (IVAs), o imposto do valor de incremento adicionado em cada estágio de produção,  são geralmente incluídos no preço afixado por um item, têm se mostrado mais fácil do que levantar impostos sobre vendas, que são adicionados no registo. Isso porque os últimos são mais visíveis para que os aumentos são mais propensos a gerar oposição política. Enquanto IVAs são comuns em toda a Europa, eles são praticamente inexistentes nos Estados Unidos.

A nova lei é importante para alertar os contribuintes de que os impostos são mais propensos a aumentar quando o governo pode escondê-los.

Fonte: Truth on the Market

 

RELACIONADOS

Deixe um comentário