Vídeo institucional do Imil
em cadeia nacional

Democracia, Estado de Direito, liberdade e economia de mercado são valores inerentes ao cotidiano. São direitos conquistados pela sociedade e assegurados pela Constituição que precisam ser preservados. Por isso, o Instituto Millenium produziu um vídeo baseado em um encontro casual entre jovens que explicam, de forma simples, cada um dos quatro conceitos que defende.

Durante o planejamento de uma viagem, um grupo de adolescentes se defronta com a democracia (quando o destino mais votado vence), com a liberdade (na escolha da acomodação), com a economia de mercado (quando optam pela pousada que oferece o melhor custo-beneficio) e com o Estado de Direito (quando optam por uma estrada bem cuidada, sinalizada, segura e gerida por órgãos públicos).

O vídeo está sendo exibido pela TV Globo, em todo o território nacional, como parte da campanha “Cidadania – A gente vê por aqui”. Os três filmes, com 30 segundos cada, podem ser vistos durante a programação até 28 de julho.

“Os conceitos que o Imil acredita aparecem diariamente na vida da sociedade. A ideia de aproveitar um encontro de jovens reflete a necessidade de explorar melhor os valores democráticos com a juventude para que possam ser colocados em prática desde cedo”, diz Priscila Pereira Pinto, diretora-executiva do Instituto Millenium.

O vídeo também pode ser visto no site do Instituto Millenium. Clique aqui.

RELACIONADOS

Deixe um comentário

2 comments

  1. Alexandre Coutinho Pagliarini

    alexandre coutinho pagliarini

    Creio que está mais do que na hora de os ideais irrefutáveis do MILLENIUM serem divulgados institucionalmente pela Globo e por todos os outros meios através dos quais os brasileiros poderão se informar mais acerca de democracia, de direitos humanos, de economia de mercado e de liberdade. prof. PhD alexandre coutinho pagliarini

  2. Lucas Nutels

    Parabéns ao Instituto Millenium! Que a campanha gere frutos na nossa sociedade. Que por fim percebamos que o a atual situação é comparável, ou pior, à época de Tiradentes.