Terça-feira, 6 de dezembro de 2016
Mantenedores mantenedores

Responsabilidade Individual

Por intolerável que pareça

Há bem poucos dias, o IPEA e o IBGE qualificaram-se para a linha de tiro da oposição. As duas instituições encarregadas de fornecer números aos analistas nacionais e às políticas dos setores público e privado foram acusadas de sujeição às conveniências eleitorais do governo e de seu partido. Quando isso ... Leia mais

Vem pra Papuda você também

Guilherme Fiuza 3

Quem enquadrará agnelo, o amigo dos mensaleiros? Cadê as ONGs legalistas? O congresso? O MP? Delúbio Soares não pôde comemorar com a tradicional feijoada de sábado na prisão a decisão final do Supremo Tribunal Federal (STF) – livrando a quadrilha do crime de formação de quadrilha. O juiz Bruno Silva ... Leia mais

Livro de Tiradentes

Paulo Guedes (2)

“Esta é a história de um livro. É a história de uma malograda rebelião republicana e anticolonialista em Minas Gerais. É a história de como os conspiradores de Minas se inspiraram na bem-sucedida guerra de independência americana contra a Grã-Bretanha e nos primeiros documentos constitucionais dos Estados Unidos da América. ... Leia mais

Aparelhos e prótese

Roberto DaMatta

Testemunhei uma experiência humana raríssima: presenciei a introdução de aparelhos comuns e rotineiros numa outra cultura. Assisti, nos anos 60, como a espingarda, o machado de aço, o terçado, a lanterna elétrica, a injeção, o chocolate, o papel, o sabão, o aparelho de barba, o relógio de pulso e o ... Leia mais

O gesto e o fato

Merval Pereira

Depois de meses acompanhando o julgamento do mensalão, já é de conhecimento público que o crime de corrupção passiva, descrito no artigo 317 do Código Penal, é de mera conduta, sendo consumado com o simples ato de aceitar promessa de vantagem, sendo desnecessário o recebimento da propina. Desse ponto de ... Leia mais

Do lobisomem à lenda urbana da gerentona

Rolf Kuntz

Lobisomens, vampiros, assombrações e mulas sem cabeça podem ter apavorado muita gente durante séculos, mas a nenhuma dessas figuras foi atribuído um desastre econômico. Nem mesmo a personagem histórica de Vlad III, príncipe da Valáquia, também conhecido como conde Drácula, o Empalador, foi associada ao descalabro fiscal, à estagnação produtiva, ... Leia mais

As Copas de Garrastazu e Dilma

Gaudêncio Torquato

A frase é velha, mas espelha a alma nacional: o Brasil é o país do futebol. Por isso mesmo soam estranhos gritos nas ruas de “não vai ter Copa”. Essa campanha contra o evento esportivo mais importante do mundo só entra na cachola quando se intui que seu alvo não ... Leia mais

O paradoxo da Lei Anticorrupção

corrupção

Por Gustavo Binenbojm e Alice Voronoff A amplitude semântica dos dispositivos que definem infrações é um dos pontos de preocupação. O legislador propositalmente quis que o texto fosse assim Em 2013, foi editada a lei nº 12846, que dispõe sobre a responsabilização de pessoas jurídicas pela prática de atos contra ... Leia mais

Navegações horizontais e verticais

Roberto DaMatta

Nada como uma experiência horizontal para revelar com fulgurante realismo a bússola vertical com a qual navegamos socialmente. No Brasil a agulha aponta mais para cima e para baixo do que para os lados. Daí a perturbação quando se fala na responsabilidade para com o lixo; ou quando uma celebridade ... Leia mais

Chega de cinismo

Recentemente, depois de uma conversa com estudantes em São Paulo, fui abordado por um universitário. Leitor voraz, inteligente e apaixonado, seus olhos emitiam um sinal de desalento. “Deixei de ler jornais”, disse de supetão. “Não adianta o trabalho da imprensa. A impunidade venceu.” Referia-se à vitória dos mensaleiros no Supremo ... Leia mais

De dose em dose

J.R. Guzzo

O tribunal mais alto do país resolve que um crime foi cometido e, passado algum tempo, decide que esse mesmo crime não é mais crime – coisa incompreensível, no entendimento comum, quando se leva em conta que o tal tribunal existe justamente para dar sentenças que não podem mais ser ... Leia mais

Uma eleição cheia de “postes”

Gaudêncio Torquato

A ideia lançada por Lula pegou. A eleição de outubro deverá ser a mais povoada de “postes” nesses tempos cheios de surpresas, reviravoltas e maquinações no terreno político. No Maranhão, Ceará, Pernambuco e Bahia, candidatos tirados do bolso do paletó dos chefes do Poder Executivo começam a “iluminar” o ambiente ... Leia mais

Neobrasileirismos ou o sucesso da vaquinha

Roberto DaMatta

Brasileirismos são invenções brasileiras. No campo da musica, da comida e da sexualidade, elas abundam. São brasileirismos o jogo do bicho, o samba, a feijoada, confundir fama com inteligência, não prender autoridade e dizer que bunda não tem sexo. A presença mascarada dos elos pessoais abraçados pela norma do dar-para-receber ... Leia mais

O macabro baile dos mascarados

Paulo Brossard

Tudo começou com manifestações que se distinguiram pela circunstância de apresentarem-se com máscara os manifestantes, o que impedia a identificação desses. Os mascarados permitiram-se a prática de atos ilícitos com danos materiais e morais, consistentes na depredação de prédios públicos, vitrines de estabelecimentos comerciais e bancários. Esta conduta se repetiu ... Leia mais

A bondade dos assassinos

Guilherme Fiuza

País começou a matar Santiago ao ficar na dúvida sobre o que fazer diante dos boçais mascarados e seus chiliques medievais O Brasil bonzinho assassinou o cinegrafista Santiago Andrade. Não foi outro o criminoso. Quem matou Santiago foi esse Brasil envernizado de bondade e infernizado de hipocrisia. Nenhum débil mental ... Leia mais

Decepção virtual

Conhecer melhor as pessoas é uma das grandes vantagens e desvantagens das redes sociais Uma das grandes vantagens das redes sociais é que, nelas, passamos a conhecer melhor as pessoas. Uma das grandes desvantagens das redes sociais é que, nelas, passamos a conhecer melhor as pessoas. Ao longo dos últimos ... Leia mais

Terrorismo

Merval Pereira

A violência chegou ao limite do suportável em uma sociedade democrática nessas manifestações utilizadas pelos black blocs como pretexto para suas atuações terroristas. O desprezo pela vida humana está implícito na atitude irresponsável de atirar um rojão em direção a adversários, pois qualquer pessoa normal sabe que não é possível ... Leia mais