Instituto promove painel sobre democracia e liberdade de expressão – "ABERT" – 11/11/2010

Instituto promove painel sobre democracia e liberdade de expressão

A proposta de monitorar a imprensa fere liberdades constitucionais como a de escolha, a de crença e a de opinião político-partidária, afirma o jornalista e publicitário Jorge Maranhão. O especialista é um dos convidados do painel Democracia e LIberdade de Expressão, promovido pelo Instituto Millenium, nesta sexta-feira (12), em evento da Confederação Nacional dos Jovens Empresários (Conaje), em Goiânia.

“Monitorar é eufemismo de censura. E isso é gravíssimo. Se você tira a liberdade de imprensa, como terá as outras liberdades e como terá pluralidade”, indaga o especialista. Autor do livro A Voz do Cidadão, Maranhão vai falar sobre a tentativa de criar conselhos nos estados com a função de fiscalizar a imprensa. Segundo ele, o projeto é contrário aos princípios da cidadania.

“Cidadania é tudo aquilo que é contra a tentativa do governante de exorbitar do seu poder. Acredito que essa não seja a função do Estado. Isso é transformar a democracia numa demagogia. E a demagogia deteriora a democracia, podendo-se chegar a tirania”, opina.

O painel Democracia e Liberdade de Expressão ocorre a partir das 16h, no Auditório do Oliveiras Place, em Goiânia (GO), e terá mediação do diretor-executivo do Instituto Millenium , Paulo Uebel. O painel também contará com a participação do gerente de Projetos Institucionais da TV Globo, Eduardo Mack.

Fonte: ABERT

RELACIONADOS

Deixe um comentário