“Além do feijão com arroz”

Registro da vida de Maílson da Nóbrega, ministro da Fazenda de 1988 a 1990, o livro “Além do feijão com arroz” (Civilização Brasileira, 2010, 602 págs) leva o leitor a um passeio pela história recente do país e retrata muitas das transformações ocorridas no Brasil desde a década de 1940.

Maílson relata todas as suas experiências profissionais: o início da carreira aos 20 anos de idade no Banco do Brasil; o trabalho, em 1977, nos ministérios que intervinham na economia brasileira; sua chegada na década de 1980 ao Ministério da Fazenda como secretário geral. Nesta época, liderou os estudos que resultaram em profundas transformações institucionais nas finanças públicas, incluindo a reestruturação das funções do Banco Central, a criação da Secretaria do Tesouro Nacional e a extinção do Orçamento Monetário.

As memórias de Maílson da Nóbrega, em co-autoria com Louise Sottomaior e Josué Leonel, contemplam sua atuação como ministro da Fazenda. Como ele bem recorda, “um dos períodos mais difíceis da economia brasileira”. As pressões lícitas e ilícitas foram muitas. Em sua gestão no ministério foram dados os passos fundamentais para a abertura da economia, as privatizações e a modernização das finanças nacionais.

Fatos pouco conhecidos do grande público são revelados em “Além do feijão com arroz”. Entre eles, uma reunião de cúpula do governo, ocorrida quando José Sarney era presidente da República e Maílson, seu ministro da Fazenda. No encontro, foi discutido se Sarney deveria renunciar ou não antes do término de seu mandato. A obra também revela o funcionamento da política em momentos-chave, especialmente na transição do regime militar à democracia e como os poderes econômicos, políticos e midiáticos se entrelaçavam.


RELACIONADOS

Deixe um comentário

1 comment

  1. Julio Hegedus

    Mailson, nos seus 33 anos de experiência, nos mostra um Brasil que caminha, mas a passos muito lentos…Enfrentar o leviatã da burocracia, corrupção e da má gestão pública foi e será o grande desafio a ser vencido. Gostaria de receber um exemplar deste belo livro. Como conseguí-lo ?

    Abs e parabéns….