As leis secretas da economia

É verdade que a economia brasileira não obedece a nenhuma das leis conhecidas? Gustavo Franco partiu dessa pergunta para investigar as práticas que envolvem as políticas financeiras no país. A inspiração foram algumas das leis elaboradas com humor nos anos 60 por Roberto Campos e Alexandre Kafka. O resultado dessa trajetória é um livro bem-humorado, que recorre a personalidades da cultura e da política, como Maquiavel e Machado de Assis, para abordar temas como o Plano Real, a privatização e a política monetária.

“Duas figuras estelares de nosso pensamento econômico, Alexandre Kafka (1917-2007) e Roberto Campos (1917-2001), num texto perdido, mas nunca desaparecido, de tão bem achado, introduziram a intrigante hipótese segundo a qual “a economia brasileira não obedecia a nenhuma das leis conhecidas”. Segundo eles, caberia investigar “as normas secretas de seu funcionamento”. Alexandre Kafka foi nosso eterno representante no Fundo Monetário Internacional (FMI) e era parente de Franz, o grande autor tcheco (1883-1924). Roberto Campos (1917-2001), o lendário Bob Fields, deputado federal pelo Rio de Janeiro entre janeiro de 1991 e dezembro de 1999, trabalhou com Kafka no gabinete de Eugênio Gudin, ministro da Fazenda entre agosto de 1954 e abril de 1955, durante a curta presidência de Café Filho. Posteriormente, conforme relatou Campos, mantiveram “assídua correspondência”, na qual prosseguiram “ininterruptamente na formulação de leis interpretativas do comportamento econômico e social latino-americano”.

Fonte: revista “Época”

RELACIONADOS

Deixe um comentário

1 comment

  1. FLÁVIO LEANDRO

    As leis da economia brasileira são leis que mantém o país,na arrecadação fiscal.Como o superávit primário e as leis econômica não são keynesianas,são leis que o estado interfere diretamente na economia ,através de manobras fiscais,como isenção de impostos,e outras manobras.