Corrupção: o 5º poder

Se a imprensa é chamada de “o quarto poder”, uma referência aos três poderes característicos do Estado democrático moderno –Legislativo, Executivo e Judiciário–, a corrupção é o quinto. É isso o que defende o advogado Antenor Batista.

“Corrupção: o 5º poder” (Edipro, 12ª edição, 2011) versa sobre as diversas espécies de corrupção e seus efeitos na sociedade, analisando, ainda, o comportamento das pessoas nela envolvidas. Trata-se de sério convite à reflexão, servindo à melhor formação do ser humano, que, curado de “graves enfermidades” poderá contribuir exigindo uma atuação honesta dos administradores públicos.

RELACIONADOS

Deixe um comentário