Fidel – O tirano mais amado do mundo

Inúmeras vezes elogiado e homenageado por celebridades e autoridades nos últimos 60 anos, Fidel Castro tem seu lado mais negro desnudado por Humberto Fontova. Depoimentos emocionantes e uma vasta pesquisa histórica mostram os crimes e as mentiras do ditador mais duradouro da América Latina.

Com linguagem irônica e incisiva, o autor dá voz àqueles que foram calados por pelotões de fuzilamento, batalhas sangrentas e prisões desumanas durante a ditadura comunista de Fidel em Cuba.

Fontova mira também aqueles que não se cansam de elogiar o ex-ditador,  jornais e redes de TV, cineastas, agências de inteligência e políticos americanos. Bill Clinton, John F. Kennedy e Che Guevara não passam impunes à análise corrosiva do autor. “Fidel – O tirano mais amado do mundo essencial” (Leya, 2012) é leitura essencial para quem quer conhecer a história cubana oculta pela propaganda e pela ideologia.

Leia o artigo “Castroländia“, de Rodrigo Constantino

RELACIONADOS

Deixe um comentário