A editora LeYa lança em novembro “Mensalão”, novo livro do historiador Marco Antonio Villa. Nesta obra, Villa narra a história do maior esquema de corrupção da história política do Brasil e o julgamento dos envolvidos no Supremo Tribunal Federal. Depois de anos de discursos inflamados, discussões, cassações, choro e desabafo, finalmente essa história chegou ao fim. Os principais envolvidos no “projeto criminoso de poder” de “macrodelinquência governamental”, nas palavras do decano do Supremo Tribunal Federal , o ministro Celso de Mello, foram condenados. Venceu a ética e a democracia. E perderam os mensaleiros e corruptos. Em resumo: quem ganhou foi o Brasil.

O esquema, que foi denominado nos autos do processo, como uma “complexa organização criminosa” enraizada no governo, usava dinheiro público desviado principalmente do Banco do Brasil. A organização criminosa tinha três núcleos, de acordo com a Procuradoria-Geral da República: o publicitário, sob o comando de Marcos Valério; o financeiro, dirigido pelo Banco Rural e o político sob a chefia de José Dirceu, à época do escândalo o todo poderoso ministro da Casa Civil e chamado pelo presidente Lula de “capitão do time”.

RELACIONADOS

Deixe um comentário

3 comments

  1. Gilberto Naldi

    O intelectual e Historiador Prof Marco Antônio Vila honra nosso pais ! Suas publicações e trabalhos iluminam nossa história e enaltece os sentimentos básicos e essências da decência de nossa cidadania! Parabéns!, Prof, Marco Antônio Vila!

  2. Cristiane Amaral Bertolino

    Maior esquema de corrupção? Vem cá, nenhum de vocês leu “A privataria tucana”?

  3. Luiz Orfeu

    Senhores, por favor, sejam decentes. Juristas de escol e críticos menos domesticados pelo círculo midiático em torno desse julgamento sabem muito bem que há interesses nada republicanos nesse sensacionalismo que vocês estão fazendo. Felizmente, a sociedade civil brasileira está mais atenta a estas tentativas de manipulação barata que setores retrógrados e saudosos do poder intentam cotidianamente infundir na mente e nos corações do povo. Aproveitando o comentário da Cristiane, porque não divulgam também A Privataria Tucana? que interesses os movem? Francamente!!!