Og Leme, um liberal – Crônicas

“Conheci o Professor Og Leme nos anos 80, quando fundamos o Instituto Liberal. Og misturava conhecimento e serenidade quando nos estimulava a aderir formalmente à causa liberal fundando uma unidade em Minas Gerais.

Economista e mestre pela Universidade de Chicago, Og sabia como ninguém defender os pressupostos da liberdade individual, do Estado de Direito, da economia de mercado e da democracia como pressupostos para maximizar o desenvolvimento do país. Criticava fortemente a excessiva participação do Estado na economia e a baixíssima produtividade em empreendimentos onde sua presença era instrutiva e ineficiente, já que para financiar essa participação ineficiente é preciso montar um aparelho estatal com dimensões desproporcionais às que se teria caso se adotasse o princípio liberal de subsidiariedade, o qual determina que não devem caber ao governo tarefas que podem ser executadas por particulares. O resultado dessa ‘apropriação indébita’ traz aos cidadãos uma carga tributária ao redor de 40% a/a.

Corajoso ao defender os princípios da doutrina liberal, Og não se furtava a expor suas ideias em ambientes hostis. Suas participações em encontros onde predominavam ideias socialistas sempre foram marcadas pela ausência de concessões, qualquer que fosse a audiência.

Ajudar a editar este livro é a homenagem mínima que pude imaginar para agradecer a contribuição que as ideias e coerência de Og Leme representaram para pessoas como eu, que partilharam seu convívio generoso e sua consistência na defesa do ideário liberal.”

Salim Mattar

RELACIONADOS

Deixe um comentário