"Seria possível afirmar que o país está dividido?", diz Gaudêncio Torquato