Oscar Vilhena: "É inaceitável que flagrantes afrontas ao processo democrático fiquem impunes, em nome de uma pretensa governabilidade e recuperação econômica."