Estamos encerrando um “ano do urso”. Para quem pensava repetir o sucesso especulativo apostando na repetição das altas expressivas de
Continue lendo