Clássico da literatura norte-americana é censurado nos EUA