O título é de Anísio Teixeira, na década de 1950. E continua na mesma. A paixão da educação brasileira é
Continue lendo