“Negociar”, na linguagem falada no Congresso desde que se perdeu a vergonha de admitir a política do toma-lá-dá-cá, é sinônimo
Continue lendo