Marcos Troyjo: “China enxerga Banco Mundial e FMI como anacrônicos”
Continue lendo