Um banco só nosso, sem a interferência dos países ricos. Essa parece ser uma ambição bem disseminada pelo mundo emergente.
Continue lendo