Um alerta à Dilma Rouseff e a Guido Mantega: para voltar a crescer, até acima dos níveis desejado...