Armando Castelar Pinheiro explica que a imobilidade custa mais do que investir em mobilidade