"Precisamos cortar os excessos da Carta de 88"