Samuel Pessôa explica as principais causas estruturais da crise na economia brasileira