O Itamaraty aprovou o sistema de cotas para negros no concurso de diplomatas. Será que a adoção do sistema é uma maneira igualitária de escolher quem vai fazer parte da nossa diplomacia? Pense nisso.
Continue lendo