As dívidas das pessoas físicas têm crescido em ritmo maior que o PIB.
Continue lendo