Do bom selvagem ao bom revolucionário

O inenarrável horror do conhecimento

Num de seus magníficos poemas, o maior poeta da língua portuguesa, Fernando Pessoa, falava do “horror de conhecer”. Talvez tenha exagerado a dose, mas supondo que e...

Do bom selvagem ao bom revolucionário

A história da América Latina é, até hoje, a história de um fracasso. A afirmação está nas primeiras páginas do livro Do bom selvagem ao bom revolucionário (UNB,...