A fauna política brasileira é pobre em diversidade. Conservadores e social-democratas são as espécies dominantes em nosso ambiente. Predadores oportunistas
Continue lendo