As consequencias da crise no velho continente têm deixado não só as principais potências da região em estado de alerta.
Continue lendo