Que tem de extraordinário que a Perdigão e a Sadia estão se fundindo numa única corporação? Nada demais, se sabemos que economias de escala e força comercial são ...