*por Leonardo Siqueira Era um sábado, 2 outubro de 2009. Lula, ao lado do então governador do Rio de Janeiro, Sérgio Cabral, e do prefeito, Eduardo Paes, chorava de em...