Priscila Pereira Pinto lembra que monopólio e falta de concorrência incentivam a ineficiência