Miriam Leitão encontrou a palavra certa: implicância. Foi esse sentimento, e não uma estratégia pensada, que dominou a diplomacia brasileira
Continue lendo