A presidente Dilma reclamou dos juros bancários em seu discurso de 1, de maio, Dia do Trabalho. Transmitido em rede
Continue lendo