Sebastião Ventura: Era absolutamente impossível ao legislador prever as infinitas consequências de um acordo revogado total ou parcialmente