O professor Alexandre Pagliarini esclarece a questão